Zé Rafael do Bahia  durante Bahia x Galicia realizado neste Sabado (18) na Arena Fonte Nova em Salvador, BA.

Lateral Elson Baiano em disputa de bola com Zé Rafael / Foto: Tiago Caldas.

Atuando na Arena Fonte Nova, o Azulino perdeu por 3×0 para o Bahia no Clássico das Cores deste sábado pela 8ª rodada do Campeonato Baiano 2017.

O Bahia iniciou o jogo todo no ataque. Aos 17 minutos, Marcelo Sabino colocou a mão na bola dentro da pequena área e o juiz marcou pênalti. Hernane cobrou e o goleiro Hugo defende sem grandes dificuldades.

Aos 33 minutos, foi a vez do Galícia assustar. Em jogada individual, Nelinho passou pelos marcadores e chutou cruzado para interceptação precisa de Jean. Aos 41 minutos, o Bahia abriu o marcador com Lucas Fonseca após cobrança de falta de Juninho.

Na segunda etapa, o Bahia conseguiu fazer mais um gol em cobrança de pênalti. Um minuto depois, aos 30, Régis aproveitou a oportunidade e tocou na saída do goleiro azulino marcando o terceiro gol da partida.

Com o resultado, o Galícia manteve-se com um ponto ganho na competição. Seu próximo jogo será no dia 26 (domingo), às 16 horas, contra a Juazeirense o estádio Adalto Moraes na cidade de Juazeiro.

Sub-20

Na estreia do Campeonato Baiano da categoria, o Galícia foi derrotado para o Jacuipense por 3×1 no Centro de Treinamento do Wet”N Wild na Avenida Paralela. O time comando por Jaime Alban fez um bom primeiro tempo mas acabou sofrendo o revés.

O próximo jogo será dia 1º de abril (sábado), às 10h30, no estádio de Pituaçu contra o Vitória válido pela terceira rodada.

FICHA TÉCNICA

Bahia 3×0 Galícia

Gol: Lucas Fonseca, Allione e Régis.

Bahia: Jean; Wellington Silva, Tiago (Lucas Fonseca), Éder e Matheus Reis; Edson, Juninho, Régis e Zé Rafael (Maikon Leite); Allione e Hernane (Gustavo). Técnico: Guto Ferreira.

Galícia: Hugo; Iago, Elson Baiano, Gustavo Rambo, Lucas (Murilo) e Adalto; Edson Magal, Rogério Xodó, Tácio (André Luiz) e Nelinho; Marcelo Salino. Técnico: Dênis Alves

  • inha Ribeiro

    Vai cair mesmo viu. Falta de competência da Diretoria e do técnico.

  • Onivaldo Marmund da Silva

    Senhor presidente e demais colaboradores, com todo respeito, permita-me lembrar-lhes que futebol profissional NÃO SE CONFUNDE COM BARRACA DE ACAMPAMENTO! O galícia não merece esse tratamento, os senhores que são torcedores granadeiros, também não merecem! Por favor, DIGNIDADE, chega de amadorismo. Esse negócio de catar jogador/treinador faltando dois meses para o inicio da competição, é muito amadorismo/incompetencia. Senhores sofrer rebaixamento dentro do campo, faz parte do jogo. Sobre tudo, quando estamos no mínimo organizados! Mas, ser rebaixado fora do campo, por mera desorganização/amadorismo, é muita falta de respeito para com todos nós que amamos O Galícia. DIGNIDADE! Pensem nisso! Vaidade tem limite.